Para estabelecer uma empresa, abrir um negócio ou montar um escritório, o local mais evidente para o fazer será na sua própria cidade. A menos que exista alguma razão objetiva para não o fazer (proximidade dos clientes, de mão de obra especializada, etc.), esta proximidade permitir-lhe-á trabalhar perto de casa. Além disso, o seu próprio conhecimento do mercado imobiliário local irá ajudá-lo a fazer o melhor negócio possível.

Maximize o seu conhecimento pessoal do mercado

Normalmente, a suahow-to-open-a-coffee-shop pesquisa por imóveis comerciais começaria pela internet ou por uma deslocação às agências imobiliárias locais. Contudo, não deixe de tirar partido da sua rede de conhecimentos pessoais. Fale com as pessoas; pergunte a amigos e conhecidos se sabem algo relativamente ao imóvel sobre o qual tem dúvidas. Lembre-se da teoria dos 6 graus de separação: alegadamente, não são necessários mais do que 6 pessoas intermediárias para que duas possam travar conhecimento, em qualquer parte do mundo. Mesmo que seja difícil de comprovar a nível absoluto, experimente a teoria na prática e verá que é mais fácil saber quem é a pessoa com quem quer falar do que parece.

Se vai abrir uma loja, já saberá antecipadamente quais são as ruas e avenidas onde fará sentido instalar o seu tipo de negócio. Mas nem todos os espaços existentes estarão disponíveis para arrendamento ou trespasse. Use o seu conhecimento e instinto para apresentar propostas de trespasse aos empresários que lhe pareça que estejam em condições de aceitar a sua proposta.

Tire partido deste conhecimento junto do banco

Nem todos os investidores têm condições para pagar um imóvel comercial a pronto. Se é o seu caso, precisará de negociar um empréstimo com a banca. Além de elaborar um plano de negócio, apresentar um currículo impecável e apontar as vantagens da localização escolhida, o banco valorizará o seu conhecimento pessoal e direto do mercado imobiliário local. Acrescente este argumento nas suas negociações com o banco.