Se está a pensar em vender a sua casa ou outro imóvel, tenha cautela com os intermediários entre si e o comprador: os mediadores imobiliários. Não obstante, o valor que efectivamente acrescentam a uma transação imobiliária – que pelos valores envolvidos e obrigações legais existentes exige um cuidado especial – existem algumas desvantagens no recurso a estes profissionais, que iremos abordar em seguida.

Comissão

Obviamente, o mediador será pago com uma comissão relativa ao valor do seu imóvel, o que não acontece se vender diretamente ao comprador.

Urgência

A obra “Freakonomics”, de Steven Levitt e Stephen Dubner, causou polémica relativamente a várias abordagens de temas políticos, sociais e culturais do ponto de vista da economia aplicada à prática. Entre outras hipóteses, o livro apontou que os imóv347x346eis vendidos através de mediadores imobiliários são-no, em média, mais rapidamente e por um valor mais baixo do que os imóveis que sejam propriedade pessoal dos próprios mediadores.

Não se trata de apresentar os profissionais de mediação imobiliária como más pessoas. Trata-se apenas que os interesses do mediador imobiliário não coincidem necessariamente com os do proprietário e vendedor. O mediador precisa de vender rapidamente para fazer dinheiro para si e para a sua empresa; o vendedor pode, ou não, ter urgência de vender, e talvez prefira aguardar por um comprador disposto a pagar mais.

Daqui resulta, também, que os interesses do mediador podem coincidir parcialmente com os seus.

Como posso proteger os meus interesses?

O melhor é definir os seus objetivos e ter uma visão clara da sua situação. Tem experiência, tempo ou qualificações para conseguir vender uma casa sem auxílio? Tem pressa na venda ou prefere esperar por um negócio melhor? Depois de ponderar devidamente os prós e os contras, estará em melhor situação, quer para escolher ou não o auxílio de um mediador, quer para negociar com ele os termos em que o negócio se fará, antes de negociar com os potenciais compradores.